Gestão hospitalar: o que se estuda e o mercado de trabalho

ByTiago Carvalho

abr 22, 2022
Gestão hospitalar

Você está pensando em cursar gestão hospitalar na universidade, mas ainda tem dúvidas sobre a situação e as oportunidades de trabalho na área? Esteja ciente que, além de salários atrativos e cargos bem remunerados, há uma crescente demanda por profissionais qualificados.

Mesmo não sendo considerado um substituto da saúde, os gestores hospitalares são uma das profissões que acompanham as perspectivas de crescimento do setor.

De fato, quanto mais conhecimento e diferenciação os profissionais fornecerem, maiores serão suas chances de conseguir uma boa posição e ficar à frente da concorrência.

Quer saber mais sobre a região e o mercado de trabalho para gestão hospitalar? Continue lendo este artigo e descubra quais são os principais tópicos abordados durante a formação e como funciona o mercado de trabalho atual. Confira!

 

Qual é a situação atual do mercado de gestão hospitalar?

Os gerentes hospitalares são profissionais responsáveis ​​pela gestão da força de trabalho, equipamentos, materiais e recursos financeiros de uma instalação hospitalar.

Os gestores têm um dia-a-dia atarefado e dinâmico, capaz de desempenhar uma série de funções diante os diferentes departamentos do local de trabalho.

Essa ocupação oferece excelentes possibilidades de atuação no mercado de trabalho dentro e fora dos hospitais.

As pessoas formadas em gestão hospitalar podem encontrar grandes oportunidades em clínicas, consultórios, centros de saúde, asilos, laboratórios e ambulatórios.

Por causa da variedade de opções, os salários médios também variam, levando em consideração o nível de experiência e demanda em cada cargo e local de trabalho.

Logo, podemos dizer que quanto maior a experiência, maior será o salário. Mas não se assuste, dentro dessa área é possível ter grandes avanços e chegar a cargos mais altos em pouco tempo.

Mas é claro que, para este reconhecimento vir, é preciso se empenhar e encontrar maneiras de se destacar no cotidiano.

Além disso, a especialização do currículo é o diferencial dos administradores hospitalares, portanto, quanto mais conhecimentos e trajetórias, maiores serão os ganhos.

Por exemplo, além do curso de gestão hospitalar, é possível buscar por gestão de pessoas ead, pois, o contato com pessoas é fundamental nesta área de atuação.

Para ficar à frente da concorrência, os profissionais devem desenvolver certas habilidades e competências.

Podemos destacar como boas habilidades a capacidade de ter bom relacionamento interpessoal, ser estratégico, ser organizado, responsável e capaz de agir sob pressão.

Essas são algumas das qualidades que tornam os gestores hospitalares valorizados e requisitados e, certamente, serão a primeira opção no momento de oferecer um aumento ou oportunidade ainda melhor.

Outra característica extremamente importante de uma pessoa que fez ou deseja realizar um curso de gestão hospitalar ead é ter inteligência emocional para manter o equilíbrio e avaliar as situações de forma estratégica.

Não há dúvida de que essas habilidades terão um grande impacto nos funcionários da área da saúde, independentemente do setor em que trabalhem.

Logo, podemos concluir que o mercado de trabalho de um profissional de gestão hospitalar é rico e oferece diversas oportunidades. Basta ter uma boa formação e buscar por melhoramento contínuo.

Dessa maneira, será mais fácil ter ainda mais chances de crescer na profissão e caso deseje, migrar para setores que mais lhe favorecerem.

 

Como funciona um curso de gestão hospitalar?

Os cursos de Gestão Hospitalar têm duração média de 2 anos e meio e abrangem conteúdos relacionados à saúde, administração, gestão e negócios.

Na Universidade, os alunos têm um currículo multidisciplinar que inclui as seguintes disciplinas. Podemos destacar:

  • Gestão financeira;
  • Ciências e Humanidades;
  • Aquisição e desenvolvimento de fornecedores;
  • Direito;
  • Epidemiologia;
  • Estratégia de negociação;
  • Ética e responsabilidade corporativa;
  • Gerenciamento de conta;
  • Gestão de custos e orçamentos;
  • Gestão hospitalar;
  • Logística e suprimentos estratégicos;
  • Matemática financeira;
  • Responsabilidade social e meio ambiente;
  • Sistema de informação. 

Para obter um diploma, assim como todo o curso de formação, o trabalho de conclusão do curso também deve ser feito na fase final da graduação.

A temática do Trabalho de Conclusão de Curso deve ser definida junto ao orientador e pode incluir alguns dos aprendizados das disciplinas, como ead gestão financeira.

Por meio do estudo, os profissionais poderão conduzir o dia a dia do hospital, tomando as decisões adequadas para melhorar a estrutura do local e a formação das equipes de trabalho.

 

Como se destacar no mercado e se tornar um profissional reconhecido?

O curso de Gestão Hospitalar é indicado para todos aqueles que pretendem ingressar na área da saúde, principalmente em cargos administrativos.

Por exemplo, essa carreira também é recomendada para profissionais de saúde que desejam se aprofundar na gestão e nas partes mais burocráticas de um hospital ou clínica.

Assim, pessoas que já são profissionais da área da saúde, mas atuam como enfermeiros ou outros setores de um hospital, podem se especializar na gestão hospitalar.

De qualquer forma, é importante ter habilidades específicas para se diferenciar e ser um funcionário único e valioso para seu empregador. A seguir, veja quais são as principais qualidades que podem ser desenvolvidas para ter sucesso no setor.

  1. Habilidades de liderança

Saber se comunicar bem é essencial para tirar boas notas na região. Até porque, os gestores hospitalares têm lidado com diferentes pessoas e equipes de trabalho.

Portanto, ter habilidades de liderança e dar um bom exemplo para os outros é um aspecto que pode desempenhar um papel importante na carreira, pois permite que os profissionais conquistem a confiança de seus chefes e ganhem mais credibilidade no mercado.

Se aprofundar em outras temáticas como uma formação em gestão de pessoas em startups é fundamental para ter ainda mais rendimento.

  1. Pensamento estratégico

Como o dia a dia de um hospital é intenso em tarefas, é imprescindível que os gestores pensem estrategicamente e desenvolvam estratégias para solucionar problemas de forma rápida e eficiente, sem comprometer o andamento das atividades dos demais profissionais.

Durante cursos de gestão de recursos humanos presencial é possível aprender a ter rápidas resoluções e, assim, criar processos inteligentes.

Com raciocínio lógico e visão estratégica, os gestores hospitalares conseguem criar alternativas criativas sem abrir mão da postura moral diante de situações desafiadoras.

  1. Habilidades de negociação

Lidar com pessoas e equipes diferentes exige que os funcionários possam considerar diferentes perspectivas sem prejudicar nenhuma das partes envolvidas.

Dito isso, é sempre necessário agir para tornar o ambiente de trabalho um local agradável e acolhedor, garantindo o bem-estar da equipe e a viabilidade do atendimento ao público.

Pesquisar por gestão de recursos humanos ead preço é uma ótima maneira de sobressair no mercado de trabalho.

  1. Atualização constante

A atualização é inerente a quase todas as profissões, não é? Quem não se mantém informado acaba perdendo muitas oportunidades de crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional.

O setor da saúde é um dos setores mais afetados pelas novas tecnologias. Por isso, quem quer destacar e conquistar as melhores vagas de emprego, deve aprender constantemente e ficar de olho nas tendências e novidades do setor de saúde.

Além disso, se aprofundar em skills e habilidades como, por exemplo, conseguir oferecer um bom atendimento através de uma formação em gestão de marketing e comunicação pode ser muito útil.

Isso porque, quanto melhor a sua desenvoltura e conhecimento, mais credibilidade você passará para os seus futuros chefes.

 

Confie em boas instituições de ensino

Um fator-chave para o sucesso da sua carreira é escolher a instituição de ensino certa para iniciar seus estudos. As faculdades devem fornecer o conhecimento, materiais e programas acadêmicos adequados para atender às demandas do mercado de trabalho.

Pesquise por universidades que ofereçam o curso de gestão hospitalar e comece a procurar pelas disciplinas abordadas durante os semestres letivos.

Além disso, uma ótima dica é conversar com ex-alunos da instituição e conferir as notas dos cursos das instituições oficiais de ensino. Assim você terá a garantia de um investimento em qualidade e excelência na graduação.

Agora que você já conhece a situação atual do mercado de trabalho da gestão hospitalar, lembre-se de que escolher uma boa universidade para sua formação acadêmica é fundamental.

Idealmente, as instituições de ensino devem fornecer laboratórios e atividades práticas que permitam aos alunos desenvolver habilidades e experiências suficientes para se tornarem profissionais qualificados e experientes na área.