Como escolher a melhor cozinha compacta para sua casa?

ByPaulo Pinto

nov 25, 2021

Cozinha pequena não é sinônimo de desleixo! Saiba agora mesmo como escolher os móveis de sua cozinha compacta.

 

Final de ano chegando, é tempo de renovar a casa, certo? Principalmente os móveis da cozinha precisam ser modificados, para melhorar a performance das ceias de final de ano. Que tal ao comprar móveis na Black Friday aproveitar e trocar toda a sua cozinha?

 

Uma boa dica é adquirir uma cozinha compacta. Mas qual cozinha é essa? É planejada? É modular? Calma que vamos explicar!

 

A cozinha compacta é formada por móveis reduzidos, que cabem em todo lugar e apresentam as mesmas funções dos móveis de tamanho normal. A cozinha planejada é geralmente feita sob encomenda com marceneiros profissionais e pode custar bem caro. Já a cozinha modular é formada por módulos, vendidos conforme o tamanho da cozinha de cada cliente.

 

A cozinha compacta pode ou não ser planejada, depende do orçamento de cada cliente. No entanto, neste texto, vamos mostrar como escolher bem a sua cozinha compacta, sem precisar gastar a mais por isso. Vamos conferir?

Planejamento

Cozinhas compactas precisam ser funcionais. Logo, nenhum aparelho ou eletrodoméstico pode atrapalhar a circulação de pessoas nem o andamento das tarefas cotidianas. Por isso, três itens básicos seguem uma regra, a regra do triângulo.

 

Estes itens são a pia, a geladeira e o fogão. Cada um deles deve ficar em um canto, para um não prejudicar o funcionamento do outro. Por exemplo, se o fogão ficar ao lado da geladeira, o ar quente vai prejudicar o resfriamento dos alimentos, fazendo a geladeira gastar mais energia para conservar a sua temperatura interna.

Atenção às medidas

Depois de posicionados a pia, o fogão e a geladeira, é hora de medir os espaços e decidir quais móveis adquirir. Para isso, considere o espaço para abertura de portas e janelas, localização das tomadas e interruptores e, é claro, onde ficam os canos hidráulicos e a fiação interna.

 

Esses cuidados impedem a compra de móveis com altura, largura e profundidade incompatíveis com a sua cozinha. Além disso, os móveis podem cobrir tomadas e interruptores, os inutilizando. Saber a localização de canos e fiação é fundamental para furar a parede e instalar armários e prateleiras.

 

Quando for medir próximo à porta e janelas, pense nelas abertas, para não ter nenhum móvel impedindo-as de abrir totalmente. Neste caso, algumas vezes, pode ser melhor apostar em janelas e portas de correr, para economizar espaço.

O que comprar

Medidas tomadas, agora é hora de decidir quais móveis são essenciais para a sua cozinha. Prateleiras, nichos e armários são fundamentais para guardar copos, pratos, talheres, panos de prato e muito mais.

 

Muitas pessoas escolhem cooktops ao invés de fogão. Pode economizar espaço por não ter um forno, mas lembre-se que a bancada deve ser maior. Planejamento nesta etapa também é essencial.

 

Lembre-se de também reservar um local para a despensa ou o armazenamento de alimentos. Se não couber na cozinha, reserve um armário próximo, como na área de serviço. Veja também se algum eletrodoméstico precisa de suporte ou um espaço inteiro para ele.

Acerte nas cores

Cores claras como bege, branco, creme ou marrom-claro são ideais para as paredes da sua cozinha compacta, pois dão sensação de amplitude e deixam o ambiente mais espaçoso e aconchegante. Diante disso, os móveis e eletrodomésticos podem ter cores mais vibrantes.

 

Outra ideia para ampliar o espaço é apostar em móveis e eletrodomésticos com superfícies espelhadas. Eles ampliam o espaço e dão a sensação de que a cozinha é maior.

 

No entanto, é importante equilibrar as cores e a sua disposição no espaço. Muitas vezes, as paredes podem ser todas em tom de creme e uma única em amarelo ovo. Isso vai depender da sua organização e planejamento. Se ainda tiver dúvidas, consulte um arquiteto, ele pode te dar boas dicas de decoração da sua cozinha compacta.