Volta às aulas presenciais: 8 Dicas para alunos e professores

ByPaulo Pinto

jul 7, 2022
Volta aulas presenciais

Depois de quase dois anos de pandemia, o cenário geral deu sinais de melhora significativos. Dessa forma, a volta às aulas presenciais é uma realidade concreta e, para muitos, atordoante.

Assim sendo, tanto alunos quanto professores podem encontrar dificuldades para se readaptar a essa modalidade de ensino. Dedicação, paciência e flexibilidade serão importantes durante essa transição e a ajuda precisará ser mútua.

Portanto, se você está dentro de um desses grupos, continue a leitura. Você irá ver algumas dicas que poderão tornar esse processo de transição mais tranquilo.

O que muda com a volta às aulas presencias? 

Com a volta às aulas presenciais muitas mudanças ocorreram, tanto na forma de ensino, quanto na rotina dos professores e alunos. 

Dessa forma, será necessário ter muita paciência, dedicação e flexibilidade para a readaptação de ambos.

Quando começam as aulas? 

Na maioria das cidades as aulas começam no mês de fevereiro. No entanto, algumas cidades podem ter datas diferentes para a volta às aulas presenciais

Além disso, algumas escolas ainda não voltaram a ter aulas 100% presenciais, optando pelo modelo híbrido. O ideal é que você consulte os calendários disponibilizados nos sites ou ligue para as instituições para obter maiores informações.

4 Dicas para a volta às aulas — Professores 

Os professores irão trabalhar presencialmente com alunos que passaram quase dois anos em isolamento social. Sendo que muitos precisaram parar os estudos durante a pandemia para ajudar os pais com as despesas de casa.

Dessa forma, se você é professor, precisará de um bom planejamento de aulas, além de bastante compreensão e flexibilidade. Confira a seguir algumas dicas.

Planeje as aulas com antecedência 

O planejamento antecipado das aulas será essencial para um bom retorno. Planejando com cuidado você conseguirá cuidar de pontos importantes e evitar dores de cabeça desnecessárias. 

Assim, procure saber qual a situação dos alunos que vão ter aulas com você. Com essas informações você poderá planejar as aulas de acordo com as necessidades desses estudantes.

Faça uso de bons planos de aulas 

Planos de aula com atividades interativas, exercícios e leitura serão excelentes para a volta às aulas presenciais. Eles ajudarão os alunos com a volta da socialização e favorece a capacidade de comunicação deles.

Dessa forma, bons planos de aula serão essenciais para fazer com que a transição para a modalidade presencial seja tranquila. 

Seja compreensivo 

A readaptação pode ser um desafio para muitos estudantes. Esse processo vai ser mais difícil e demorado para uns do que para outros. Portanto, seja compreensivo. Não faça cobranças excessivas. 

Outrossim, converse com seus alunos sobre as dificuldades deles e se disponha a ajudá-los a lidar com esse momento.

Tenha flexibilidade 

A forma de ensino à distância tem diferenças significativas em relação à modalidade presencial. A volta às aulas presenciais pode tornar as coisas um pouco confusas inicialmente.

Assim, procure ser flexível. Faça o possível para que essa transição aconteça de forma suave, readaptando aos poucos sua forma de ensino. 

4 Dicas para a volta às aulas — Alunos

De fato, as coisas vão mudar outra vez. Você passou quase dois anos assistindo aulas através de uma tela. Agora vai voltar à modalidade antiga e pode sentir dificuldades com isso.

Dessa forma, confira a seguir algumas dicas para lhe ajudar com essa transição.

Tenha foco e disciplina 

O processo de readaptação às aulas presenciais poderá ser um pouco complicado. Por conta disso, você pode apresentar dificuldades inesperadas durante essa transição. 

No entanto, se tiver foco e disciplina você vai conseguir passar por essa fase e aos poucos o sentimento de normalidade vai voltar. 

Preste atenção 

Com tantas coisas acontecendo, se distrair vai ser muito fácil. O reencontro com os amigos e a restrição ao uso do celular podem desviar sua atenção das aulas. 

No entanto, por mais que você sinta aquela vontade imensa de checar as mensagens durante a aula, resista. Por mais que sinta vontade de colocar todas as novidades em dia com os amigos, deixe para o intervalo. Preste atenção aos conteúdos e evite se distrair. 

Afinal, você não vai poder voltar a aula novamente como fazia no EAD, certo?

Dedique-se 

A dedicação será crucial para que você consiga se adaptar às aulas presenciais sem deixar suas notas despencaram. As formas de avaliação, de ensino e de estudo vão mudar e, portanto, você pode sentir dificuldades no começo.

Entretanto, faça um esforço a mais. Evite faltar às aulas, durma cedo e estude os conteúdos com afinco. 

Seja organizado 

É normal se sentir atrapalhado no começo. São muitas mudanças e ao mesmo tempo nada está voltando ao “antigo normal”. Os horários, os conteúdos, os trabalhos e as provas podem acabar formando uma mistura de coisas incompreensíveis e você pode ficar sem saber o que fazer.

Isso pode resultar em trabalhos atrasados e atividades não entregues. Além de dias em que você entrará na sala de aula e descobrirá que em cinco minutos terá uma prova para fazer.

Dessa forma, procure se organizar desde o começo. Estabeleça uma rotina de estudos. Inclua nela as atividades diárias, os estudos e o lazer. Compre uma agenda, se necessário.

Dica para todos: Protejam-se e usem máscara

De fato, por mais que as coisas estejam começando a voltar ao normal, a pandemia ainda não acabou. Os cuidados e a prevenção continuam tão importantes quanto no começo. 

Portanto, não pare de usar máscara ao sair. Principalmente nas salas de aula e em outros locais com grande circulação de pessoas.

Por fim, agora que você conferiu algumas dicas para a volta às aulas, compartilhe sua experiência conosco. Você é estudante ou professor? Em sua cidade as aulas já voltaram à modalidade presencial? Se sim, como as coisas estão indo?

Ademais, lembre-se de levar seu álcool em gel para onde for e lavar as mãos com frequência. A volta às aulas presenciais é um grande passo agora que a situação começou a dar alguns sinais de melhora. Portanto, cuide de si, dos outros e do seu futuro!