Qual é a diferença entre prego e parafuso?

ByPaulo Pinto

abr 7, 2022
Pregos e parafusos

Entender a diferença entre prego e parafuso é muito importante. Pode até parecer que não tem problema. Mas, colocar um no lugar do outro pode atrapalhar muito alguns tipos de serviços. 

Quando se usa prego e parafuso? Qual deles é melhor para usar na parede? 

Imagine que você vá montar uma estante. Você sabe se deve usar um prego ou um parafuso para fixar as peças? 

Da mesma forma, se você for fixar um quadro na parede. Será que pode usar o mesmo objeto que usaria para fixar um armário, por exemplo? 

Nem sempre imaginamos que exista alguma diferença entre prego e parafuso. Mas, ignorar esse ponto pode custar mais tempo e mais gastos nos seus trabalhos. 

Quando entendemos a diferença entre prego e parafuso, sabemos essas respostas. Por isso, antes de começar a instalar qualquer item que precise deles na sua casa, entenda mais desse assunto. 

O que é um prego e para que serve?

O prego é um objeto feito de um metal. É um cilindro que tem uma das pontas afiadas e outra achatada. Possui vários tamanhos. É o preferido de quem trabalha com madeira. 

Isso porque a diferença entre prego e parafuso é que ele é um pouco mais compacto. Também mostra diferentes tipos de espessura. Há os modelos que não possuem cabeça. 

Por isso, encaixa de modo firme as peças e permite que elas tenham um acabamento mais bonito também. Quando falamos de móveis, por exemplo, isso é bastante relevante. 

Além disso, há outra diferença entre prego e parafuso. Por ser feito de um metal menos duro, o prego apresenta uma resistência maior. Isso devido a capacidade de flexão que tem. 

Com o tempo, pode haver algum atrito entre as peças fixadas. Por ser flexível, o prego permite que isso aconteça sem que haja um desencaixe. 

Veja alguns exemplos do uso: 

  • Pregos com cabeça: os mais comuns. Podem ser utilizados em praticamente qualquer peça. Porém, os com uma cabeça menor costumam deixar menos marcas. 
  • Pregos com cabeça dupla: geralmente usados na confecção de peças na carpintaria. São pregos apenas para marcações. Assim, são retirados após o término da peça. 
  • Pregos anelados: são muito úteis quando se trabalha com pallets. Servem muito bem para esse tipo de madeira mais sensível. 
  • Pregos telheiros: como o nome já diz, são ideias para telhas. Dessa forma, ajudam na vedação do telhado, impedindo goteiras, por exemplo. 

O que é um parafuso e para que serve? 

O parafuso também é feito de material metálico. Mas, talvez aqui esteja a grande diferença entre prego e parafuso. 

Em primeiro lugar, sem contar com alguns modelos específicos, os parafusos acompanham porcas e buchas. Esses materiais ajudam na fixação maior deles. Isso também garante uma sustentação maior. 

Em segundo lugar, os parafusos em sua maior parte são rosqueados. Por isso, talvez você precise do auxílio de uma parafusadeira para fixá-los. 

Então, por essas características, eles servem bastante para uso em materiais metálicos e para colocar itens na parede. Porém, eles também servem para uso em madeiras. 

Veja alguns tipos:

  • Parafuso sextavado externo: muito usado com porcas e arruelas, pode ser utilizado em peças de motores, por exemplo.
  • Parafuso auto atarraxante: possui rosqueamento até a ponta. Pode ser diretamente aplicado em chapas de metal. 
  • Parafuso francês: possui uma cabeça lisa e arredondada. Essa característica permite uma fixação maior durante seu uso. 
  • Parafuso auto brocante: se acompanhar uma arruela, você pode fazer muitos serviços apenas com ele. Ele é capaz de furar, fixar e vedar o ponto onde for aplicado. Tudo isso com um único item.

    Assim, na fixação de divisórias de ambientes, placas de gesso, cantoneiras metálicas, é muito útil. 

Além disso, em grandes maquinários, até mesmo eletrônicos, necessitam do uso de parafuso. Também podemos usar alguns modelos em telhados, construções civis, dentre outros. 

Há também uma grande quantidade de modelos. E aqui está mais uma diferença entre prego e parafuso. Dependendo do que você deseja fazer, precisa de um modelo específico de parafuso.

Os pregos costumam variar em tamanho e espessura. Porém, os parafusos têm formatos completamente diferentes. Por isso, nem todos servem para qualquer lugar. 

Conclusão

Portanto, saber a diferença entre prego e parafuso é muito importante. Antes de realizar qualquer trabalho manual que precise deles, você deve pensar nisso. 

Procure entender exatamente o que deseja fazer e pesquise o que é melhor. Além disso, cada um deles precisa de ferramentas próprias. Se você for utilizar apenas pregos, pode necessitar apenas de um bom prego. 

Porém, se for utilizar parafusos, dependendo do tipo, pode precisar de outras ferramentas. Dentre elas, furadeira, parafusadeira, chave de fenda, dentre outros. 

Assim, planeje e organize o que vai precisar antes de começar a fazer seu trabalho. Entendendo esses pontos, com certeza ele será muito melhor e mais rápido também. 

Por fim, não esqueça dos acessórios dos parafusos. Eles são as porcas e as buchas. Esses itens não podem ser ignorados. Isso porque todos os tipos de parafusos que precisam deles não podem ser firmados sem eles.