Carro roubado sem seguro: O que fazer?

ByPaulo Pinto

ago 2, 2022
Advogado

Quando o sonho de se ter veículo próprio se torna realidade, é motivo de muita comemoração. O perigo reside na possibilidade de ter o seu veículo furtado. E a situação pode ser ainda mais assustadora caso você não tenha o seguro que cobre furtos. O que você deve fazer?

É exatamente isso que iremos responder no artigo de hoje. A principal recomendação é que se contrate um advogado criminal para te acompanhar durante as etapas. E agora, sem mais demora, vem comigo descobrir como proceder em caso de furto de veículo sem seguro.

Como proceder se seu carro sem seguro for roubado?

A primeira coisa que você deve fazer, caso seu carro sem seguro seja roubado é contatar a polícia para avisar sobre o roubo e fazer o boletim de ocorrência. Essa ação deve ocorrer o mais rápido possível, pois assim pode haver uma chance de mobilização policial para tentar recuperar o carro, caso ele ainda esteja na região. Além disso, para evitar uma tentativa de fuga para outra cidade, alerta a Polícia Rodoviária Federal também.

Caso o carro seja financiado, o que são os casos mais comuns de roubo de carros, você deve entrar em contato com a instituição financeira responsável. Isso deve ser feito o mais rápido possível, para que você consiga tentar um acordo sobre as parcelas do carro restante. É comum que a instituição credora exija o boletim de ocorrência e demais documentos que julgar necessários.

Para se certificar de que terá todos os seus direitos de consumidor respeitados, deve-se pensar na possibilidade de contratar um advogado criminal. Acontece que, apesar do seu direito de não precisar pagar pelas parcelas restantes, a financiadora ainda assim pode insistir em fazer uma cobrança. Sendo assim, com a contratação de um advogado criminal, será possível ter um profissional do direito para intermediar possíveis acordos com a financeira.

Por último, você também pode tentar pedir o reembolso do IPVA. A primeira coisa a se fazer é verificar a legislação referente ao estado em que você reside. Depois, peça a restituição de parte dos valores pagos através do imposto IPVA. Se tudo der certo, basta apresentar a documentação solicitada durante o processo e aguardar o depósito na sua conta corrente.

O que você deve fazer caso roubem seu veículo com seguro?

Talvez você tenha colocado seu carro no seguro contra roubos. De antemão, já te alerto que essa é a melhor alternativa. 

Assim, além das providências já citadas anteriormente, como o boletim de ocorrência, contato com a financeira responsável, contratação de um advogado criminal e tentativa de restituição do IPVA, você também deve entrar em contato com a seguradora. Você também deve fazer o procedimento o mais rápido que puder. 

Geralmente, você deve ter em mãos o boletim de ocorrência, documentos pessoais e só documentos do veículo. O prazo para a seguradora tentar localizar o carro ou pagar o valor da indenização não pode ultrapassar 30 dias.

Dicas de um advogado criminal para dificultar um roubo de carro

Agora você já sabe como deve proceder se algum dia roubarem o seu carro sem seguro. Mas é claro que essa situação não é desejável, e por via das dúvidas, temos que ter cuidado com nossos veículos para que um roubo não aconteça.

Pensando nisso, resolvemos encerrar o artigo com algumas dicas de itens de segurança muito importantes, para que você consiga dificultar ao máximo um possível roubo do seu veículo:

  • Rastreamento Veicular: através de uma assinatura ou pagamento único, feito a uma empresa especializada nesse setor de segurança, é possível instalar dispositivos GPS de localização do carro. 
  • Alarme: os alarmes veiculares são bastante populares para aumentar a segurança dos veículos. Esse tipo de ferramenta funciona de maneira bastante simples, e pode acionar seu alarme tanto para movimentos no interior do carro, como para movimentos no exterior, como a tentativa de abrir as portas ou janelas.
  • Bloqueador: esse tipo de dispositivo corta a alimentação de combustível do veículo. Desse modo, você consegue acioná-lo através do alarme, controles remotos ou mesmo por aplicativos presentes em smartphones.
  • Corta-corrente: esse tipo de dispositivo serve para tornar impossível o ato de ligar o veículo, impedindo desse modo a sua partida. Também conhecido como “segredo”, o corta-corrente tem adicionado cada vez mais recursos ao seu funcionamento.

Por fim, encerramos esse artigo com as dicas do que fazer caso alguém roube seu veículo. Portanto, não se esqueça, em caso de qualquer dúvida referente a como proceder, você pode contratar um advogado criminal para te acompanhar durante o processo.